Listen

domingo, 8 de julho de 2007

Lixo

Foi nisso que se resumiu meu fim-de-semana. Ontém me controlei até metade do dia, depois disso, bem, vc sabem. Hoje, fui visitar meu avós (involuntariamente), no almoço rolou tudo ok, saladinha e tal. Só que meu dindo me chamoou de bolinha e eu dei uma risadinha sem-graça e ele disse q foi pq certa vez eu disse q ele tava gordinho (>.<).

[Off topic]
Uma certa vez quando eu emagreci bastante meu avô dizia q eu tava magrinha demais. Aí quando ocorreram umas coisas e minha mãe se ligou mais na mnha alimentação (e eu me desliguei), comecei a engordar. Voltei na casados meu Avós e quando fui cumprimentar minha Vó (dentalhe, ela nem disse 'Oi'), ela falou: "Cruzes! Como tá gorda!"( outro detalhe: ela pesa mais de 100Kg!). Jurro que eu queria morrer, mas também queria ser forte o bastante pra nem ligar para aquelas palavras, só que ele pesaram demias dentro de mim. E desde de então cada vez que tenho q ir para lá esse episódio se repete na minha cabeça.
[/Off topic]

E adivinhem o que eu fiz quando cheguei em casa?! Comi bolo de chocolate, minha sorte foi que tava doce demais e nem comi tudo.
Eu queria ser saudável, não ligar pra comida. Ela fica o dia inteiro nos meus pensamentos, e eu me culpando po estar comendo. Eu preciso tomar uma atitude. Ou então eu vou ficar me lamentando pra sempre! Quero ser normal.

Odeio fazer promessas/planos pq quase sempre dão errados. Mas eu vou me esforçar para fazer esta semana de 200 a no máximo 400.

Outra coisa que ñ aqguento mais é minha mão. Ela agora que emagreceu nao pára de se comparar a mim. Não pode ser paranóia minha. Ela sempre foi gorda, desde peguena, agora q emagreceu ela bancar guriazinha (¬¬'), já falei isso pra ela. Além de querer usar minhas roupas, parace que ela fica sempre me analisando. Hoje quando eu tava sentada ela olhou bem para as minhas pernas, sentou ao meu lado e cruzou as dela.
Eu sei muito bem o quanto isso é idiota, só que me entristece demais.
Eu me sinto mais gorda com umas pessoas do que com outras, independentemente do IMC delas.

Socorro!

Adeus meninas e obrigada por lembrarem de mim. :*

4 comentários:

aninha disse...

se vc ler meu penultimo post vai ver a situaçao que eu passei,parecida com a sua x(
é pessimo mesmo.
mas agente nao vai se abater.
frutas frutas frutas agua e força pra gente
bjuz

miss t disse...

Po.. eu ateh entendo sua mãe sabia... vc naum gosta de se sentir gorda.. ela tbm naum devia gostar claro, q mulher gosta?! Mas sei lah.. conversa com ela.. diz pra ela parar de fazer comparaçoes.... eu tbm naum me sentiria bem se minha mãe fizesse isso... mas eu tentaria entender.. jah q ela sempre foi gorda e agora estah magra.. ela soh quer recuperar o tempo perdido...
Força pra vcc viu!!!!!
Beeeeeeeejo

Gabi disse...

Oi minha linda!!! Não fica assim não, não vale a pena....sei exatamente o que vc quer dizer com parentes te chamando de gordinha, já passei por isso, e naum gostei nem um pouco....mas fazer o que? E tb já passei por isso, minha mãe teve uma época e naum parava de falar q ela estava magra e eu gorda, e falava que na minha idade ela pesava metade do que eu..mas tudo tem seu preço, hoje em dia ela está gordinha e eu emagreci, naum muito mas emagreci, e eu falo pra ela, poxa mãe vc precisa fazer um regime....rsrsrsrs (vingancinha) faz parte minha querida.....
Bjuks
Gabi

euhana disse...

oi linda!! desculpa o sumisso queria muito acompanhar a tua dieta mas tou sem net!! tive de vir na biblioteca e tou sempre a olhar para trás com medo que alguém me veja!!!que episódio mais triste esse que contaste... não desanimes, acho que o segredo está em sair muito e ocupar o mais possivel a cabeça para não pensar em comida!

adoro você só le desejo toda a sorte do mundo!!!!

beijão para ti minha inspiração!!!